Apostar é uma prática comum em muitas partes do mundo, especialmente em jogos de cassino, corridas de cavalos e outras atividades competitivas. No entanto, muitas religiões tradicionais, incluindo o cristianismo, condenam a prática de apostas como uma ofensa moral contra Deus e sua justiça divina. Neste artigo, vamos explorar a perspectiva cristã sobre as apostas e por que ela é vista como pecado aos olhos de Deus.

A moralidade das apostas

A Bíblia Sagrada, livro sagrado para os cristãos, não menciona diretamente a prática de apostas. No entanto, os cristãos acreditam que a essência da mensagem bíblica é viver em justiça e moralidade. Portanto, eles argumentam que as apostas são imorais, pois é uma forma de ganhar dinheiro facilmente, ignorando a ética, a integridade e o trabalho árduo.

O cuidado com o dinheiro

Outra razão pela qual as apostas são práticas condenáveis é porque se tornam uma armadilha para aqueles que se envolvem nela. Jesus disse em Lucas 12:15 Não tenha medo, pequeno rebanho, pois o seu Pai deseja dar-lhes o Reino. Vendam seus bens e deem esmolas. Façam para si bolsas que não se gastem com o tempo, um tesouro no céu que não se acaba, onde ladrão nenhum o alcança e onde traça nenhuma o destrói. Pois, onde está o seu tesouro, ali também estará o seu coração.

E por fim, as apostas podem criar sentimentos de ganância, inveja, egoísmo, e até mesmo dependência patológica, em que a pessoa não consegue lidar com a perda e o desespero, o que pode levá-la a tomar medidas prejudiciais para ela ou para sua família ou até mesmo cometer suicídio.

A justiça de Deus

Finalmente, uma das principais razões pelas quais as apostas são vistas como uma ofensa aos olhos de Deus é que elas violam a justiça divina. Os cristãos acreditam que Deus é justo e que Ele recompensa o trabalho honesto e a vida correta. As apostas, por outro lado, tentam ganhar dinheiro sem respeitar os valores morais e éticos, e isso é considerado uma descrença e uma rebelião contra o plano divino.

Além disso, a Bíblia fala sobre a responsabilidade dos indivíduos em relação ao dinheiro e bens materiais. Em Deuteronômio 8:18, está escrito que será Ele quem te dará poder para adquirir riquezas, a fim de confirmar a sua aliança que jurou aos seus antepassados, como hoje é. E, em Lucas 6:38, Jesus ensina que dêem, e lhes darão: uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será dada a vocês. Pois com a medida que usarem, também medirão vocês.

Conclusão:

Em resumo, deus condena apostas por ir contra os valores morais cristãos e dificultar a relação com ele. As pessoas que desejam um relacionamento sólido e abençoado com Deus, devem se esforçar para se distanciar da prática. Além disso, devem focalizar em utilizar o dinheiro de forma correta, criar relacionamentos saudáveis e éticos, e trabalhar para obter recursos financeiros sem recorrer a meios ilícitos. Que Deus nos assista e guie ao longo da trajetória.